31 de julho de 2017

O Rogério de Cada Um

O Rogério de cada um

A sociedade busca sempre um culpado para tudo de ruim que acontece no mundo. Um dos culpados seria o diabo, pois ele é o pai de todo o mal que existe. Porém o que a sociedade não enxerga é que o mal está para todos assim como o bem e vai de as pessoas escolherem aquilo que elas querem seguir e praticar. Por este motivo, Deus deu a humanidade o […]

30 de julho de 2017

Amaryllis

Amaryllis

Eu Açucena Aceno Desassossego   Orvalho Entristecido… respingos, lampejos.   Céu de Pensamentos não apagues aquela Estrela que incansavelmente iluminou-te Açucenas.   não só os Temporais leves a Luz do Alvorecer estás comigo também assim… não só como Noite mas como Céu de Primavera nos tempos em que ainda eras o Sol a me aquecer.   reconheço o Fim do que não pôde Fertilizar, embora não seja o suficiente para […]

29 de julho de 2017

A ironia de ser perfeccionista

A ironia de ser perfeccionista

Na realidade, eu queria escrever sobre procrastinação. Já fazem alguns meses que a ideia de escrever sobre isso veio à minha mente, mas nunca sentei para realmente falar sobre isso. É um tópico pessoal, pois sempre me considerei procrastinadora e sempre senti necessidade de compartilhar meus pensamentos sobre isso. O que eu não sabia é que pensar sobre algo tão simples me levaria a fazer tantas descobertas sobre mim mesma. […]

28 de julho de 2017

Fim de semana, por Oberlan Rossetim

Fim de semana, por Oberlan Rossetim

A imaginação é o sábado da razão.  

27 de julho de 2017

Gutti Mendonça no Recorte Lírico Entrevista

Gutti Mendonça, autor de “A diferença que fiz”, no Recorte Entrevista

O escritor Gutti Mendonça, que possui três livros publicados, concedeu uma entrevista ao Recorte Lírico, falando sobre sua vida, suas obras e o mercado literário. Se você não conhece suas obras e este escritor, continue por aqui e aproveite para acrescentar algumas boas obras à lista de leitura. Recorte: Falando um pouco sobre o Rogério Mendonça – ou Gutti, como preferir – até mesmo para o público conhecê-lo melhor, gostaria […]

26 de julho de 2017

IV

[Quarta Poética] IV

Sôfrego afundo No quão grande oceano Das palavras que me puxam Trôpego fujo Estão ao encalço, canso Minguam, murcham As forças ou quê? Já me afogaram Mas lá se vê O resgate, me elevam De novo, e de novo Não sou estorvo Escrevo, sim Pois não há de ser mais assim

25 de julho de 2017

Escrita Noturna - por Aline Bei

Escrita Noturna – por Aline Bei

risco um fósforo enquanto penso no texto que descansa na folha, tem alguma coisa nele que está fora do lugar, alguma descrição, talvez do bairro que o personagem visitou. digito no google o nome da rua:   passo de foto em foto   nenhuma me diz do cheiro que a noite tem ali, da cor das crianças quando dormem se elas amarelam, do nome do dono do pub, já sei. […]

21 de julho de 2017

A Geração do Farol do Saber

A Geração do Farol do Saber

Em 1994 foi inaugurado o primeiro Farol do Saber no bairro Mercês em Curitiba, na gestão do antigo e atual prefeito da Cidade. Essa novidade revolucionou a maneira como as crianças de Curitiba, da década de 90, faziam seus trabalhos. O farol, além de trazer um acervo incrível – que na época era coisa de outro mundo -, oferecia também computadores para que os estudantes pudessem pesquisar conteúdos para seus […]

18 de julho de 2017

Escola Sem Partido vai à Justiça contra exigência de redação do Enem

Escola Sem Partido vai à Justiça contra exigência de redação do Enem

A Associação Escola Sem Partido, liderada pelo advogado Miguel Nagib, quer retirar uma das exigências da redação do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio). O critério questionado diz que será anulada a redação que “desrespeite os direitos humanos”. Mas, para os responsáveis pela Escola Sem Partido, ele é subjetivo e injusto, já que a legislação sobre direitos humanos não está entre os temas cobrados dos candidatos. “O próprio INEP desrespeita […]

17 de julho de 2017

Conto - Paulus

[Conto] Paulus

Era ensurdecedor e constante, a batida produzia um ruído infinitamente incomodo. O menino divaga em seu sono matutino não distinguindo mais entre sonho e realidade. Aquele som estremecia sua alma convertendo o descanso em cansaço, era constante aquele ruído. Em meio ao delírio, a criança viu o sol bater insistentemente no vidro da janela, querendo entrar para despertá-lo de seu sonho inconstante. Em uma tentativa sonambular de atender o astro […]