Recorte Lírico

Tirando a literatura dos corredores acadêmicos

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 1 outro assinante

À Espreita

22 de setembro de 2017

Categorias:Quarta Poética Tags:

À Espreita

Lua Virgem
desolada
sacrifica tua ânsia em fumaça e fogo.

 

Queima
– alma cheia –
teu vapor noturno.

 

Espera tua sina
em névoa e manto
e verás florescer na margem escura…
o broto cintilante da aurora.

 

Celebra, então, a luz que se aproxima.

 

 

Confira outros textos da Milene Lunes no portal clicando aqui.
Milene também é professora de artes, confira o seu trabalho clicando aqui.