Recorte Lírico

Tirando a literatura dos corredores acadêmicos

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Choro

3 de setembro de 2017

Categorias:Poesia Tags:

Choro

Eu choro bastante.

As flores, os sentimentos.

Gestos-delícia.

As melodias também.

A vida aglomera-se em meus olhos.

Minhas lágrimas são gotas de beleza.

Eu choro bastante.

As mortes, as dores, a violência.

A indiferença também.

Tristeza decompositora.

O desamor pesa em meu olhar.

Tanto peso faz ele suar, gotejar.

Minhas lágrimas são marcas de cansaço na estrada do sonhar.

Mas o belo e o melancólico vai construindo o meu lacrimejar histórico.

História que vai marear meus olhos quando eu a cantarolar.

Olhos são também caravelas sobre um imenso mar.