Recorte Lírico

Tirando a literatura dos corredores acadêmicos

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Editoras Nós e Edith lançam “O peso do pássaro morto”, romance de estreia de Aline Bei

16 de setembro de 2017

Categorias:Lançamento Tags:,

Editoras Nós e Edith lançam “O peso do pássaro morto”, romance de estreia de Aline Bei 8

As Editoras Nós e Edith, frmes na aposta de abrir novas veredas na literatura contemporânea, lançam “O peso do pássaro morto”, romance de estreia de Aline Bei (O lançamento oficial rolou ontem na Livraria da Vila, em São Paulo). A coedição, inédita, traz a público um dos romances vencedores do Prêmio toca, realizado por Marcelino Freire em suas oficinas de criação literária.

Em “O peso do pássaro morto”, acompanhamos uma mulher que, dos 8 aos 52 tenta, com todas as forças, não coincidir apenas com a dor de que é feita. Um livro denso e leve, violento e poético, “simultaneamente claridade de vidro e ponta aguda de faca”, diz-nos a orelha de Micheliny Verunschk. Afado, o livro é feito de palavras e do vazio que elas desenham na página.

Editoras Nós e Edith lançam “O peso do pássaro morto”, romance de estreia de Aline Bei 5
(Foto: Editora Nós/Reprodução)

 

No silêncio, no corte, o livro comprova que a dor e a poesia estão nos detalhes. Não poderia ser de outro jeito um livro que nasce com a morte de um canário, nas mãos, “minha mãe pediu pra cortar a unha dele. E ele morreu, de susto”, conta Aline.

A morte vive em cada palavra do livro, onde vive também Aline, paulistana de 1987, formada em Letras e em Artes Cênicas, editora e colunista do site cultural Oitava Arte. “O peso do pássaro morto” e ela se tocam, sobretudo, em um jeito de ver o mundo, “sem querer entender tanto”.

Editoras Nós e Edith lançam “O peso do pássaro morto”, romance de estreia de Aline Bei 6
(Foto: Editora Nós/Reprodução)

 

Em dias tão pouco propensos ao feminino, o romance de Aline Bei dá corpo a uma coleção de dores sobre a força e a solidão de ser mulher, hoje.

Editoras Nós e Edith lançam “O peso do pássaro morto”, romance de estreia de Aline Bei 2
(Foto: Editora Nós/Reprodução)

Aline Bei nasceu em São Paulo, em 1987. É formada em Letras pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo e em Artes Cênicas pelo Teatro Escola Célia-Helena. É editora e colunista do site cultural Oitava Arte. “O peso do pássaro morto” é o seu primeiro livro.