13 de dezembro de 2017

Dor

Dor

Na flor do entardecer espinhos nasceram e sangraram o dedo da tua imaginação.     Leia outras poesias da #QuartaPoética clicando aqui.

12 de dezembro de 2017

A História do Bóris

A História do Bóris

Num dia desses aí, dentro de uma toca, um bicho que me lembra um esquilo [ou seria melhor compará-los com ratinhos? Meio que dá no mesmo] estava se contorcendo no chão que havia cavado. Dali a pouco descobriu-se que era fêmea [olha só, quem diria!]. De dentro dela saíram três filhotes. Feliz da vida, após dar o último contorção do último filho, foi checar o trabalho feito. Decepcionou-se, eram filhotes […]

9 de dezembro de 2017

Seleção de cursos online gratuitos para Humanas (parte 1)

Seleção de cursos online gratuitos para Humanas (parte 1)

Em agosto postei uma seleção de cursos online para Letras (acesse o post aqui), todos do site Learncafe, que gera certificados de graça e que possui uma infinidade de cursos de todos os tipos, para todas as áreas. Dessa vez, decidi trazer cursos da área de humanas, já que normalmente quem é de Letras também gosta de história, filosofia, idiomas (claro), jornalismo, etc… Vale lembrar que todos os cursos aqui […]

7 de dezembro de 2017

Contos de fado e de violência

Contos de fado e de violência

Em 2016, sob a direção de Matteo Garrone, foi lançado o filme O conto dos contos, baseado na obra de Giambattista Basile (1566-1638). Nas palavras do diretor: O texto original, que é uma das maiores obras-primas da literatura italiana, foi escrito em 1600. Como tal, essa era uma época muito sombria, violenta. […]. E são histórias baseadas em arquétipos, que falam de sentimentos retratados ao extremo e tratam de temas que […]

5 de dezembro de 2017

Cap. VI

Cap. VI

~> VI – Na portaria, com o porteiro – VI <~ — Não faz diferença. Lá fora está tão bom ou tão ruim quanto aqui dentro. — Você está certo. Lá fora não chove não, mas aqui molha dentro. — Encharca! — Inunda. — Transborda. — E vaza… Nada? — Não. — Boia? — Afundo. — Afoga? — Bem que eu queria. — O quê? — Me afogar. — Por […]

4 de dezembro de 2017

Baby – por Zé Ciabotti

Baby – por Zé Ciabotti

Baby, Já sequei a garrafa de Jack Daniels que compramos naquela noite em que dormimos no quarto doze do motel Delírius. Foi a primeira vez que sussurrei em seu ouvido ‘eu te amo’, ‘eu te amo’, ‘eu te amo’, enquanto a rádio AM tocava uma versão lenta de “Don’t Let me Down. I guess nobody ever really done me, oh she done me, she done me good.”. A garrafa de […]

3 de dezembro de 2017

Ilustres desconhecidos da poesia brasileira: Cícero França 2

Ilustres desconhecidos da poesia brasileira: Cícero França

Nascido em União da Vitória (PR) no ano de 1884, Cícero Marcondes de França foi um jovem poeta paranaense. Colaborou em jornais e revistas de Curitiba e Paranaguá. No ano de 1905, publicou seu único livro em vida, “Necrotério d’alma”. No ano de 1953, a obra foi publicada pela segunda vez, juntamente com “Pedras Brutas” – seleção de poemas póstumos do autor. À maneira do spleen baudelairiano, França estabelece a […]

2 de dezembro de 2017

'Um contratempo' é o melhor filme que vi no ano

‘Um contratempo’ é o melhor filme que vi neste ano

Eu sempre fui um adepto ao cinema de língua castelhana. Os espanhóis, sobretudo. “Películas” como “A pele que habito”, “Mar adentro” e “Tudo sobre minha mãe” são alguns dos tantos filmes do país que já vi e são aclamados pela crítica. Todavia, ‘Um contratempo’ encabeça a lista dos melhores. No ano, pelo menos, é o melhor. Disponível no streaming de filmes Netflix, o longa tem elementos suficientes para conquistar o […]