Recorte Lírico

Tirando a literatura dos corredores acadêmicos

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 2 outros assinantes

5 filmes atuais disponíveis na Netflix para gerar discussões em sala

27 de janeiro de 2018

Categorias:Listas Tags:, , ,

5 filmes atuais disponíveis na Netflix para gerar discussões em sala 2

Ao trabalhar um filme em sala de aula, um leque de possibilidades se abre. Hoje, eu trouxe 5 indicações de filmes atuais disponíveis na Netflix que são ótimas opções para gerar discussões. Filmes que trazem críticas são ainda mais interessantes para professores de Língua Portuguesa e Produção Textual, pois podem gerar discussões escritas e orais que exigem a argumentação.

 

  1. Okja
5 filmes atuais disponíveis na Netflix para gerar discussões em sala
(Imagem: Reprodução/Netflix Produções)

 

O longa critica a exploração animal e a criação artificial de animais para a produção de carne.

Sinopse: Nova York, 2007. Lucy Mirando (Tilda Swinton), a CEO de uma poderosa empresa, apresenta ao mundo que uma nova espécie animal foi descoberta no Chile. Apelidada de “super porco”, ela é cuidada em laboratório e tem 26 animais enviados para países distintos, de forma que cada fazenda que o receba possa apresentá-lo à sua própria cultura local. A ideia é que os animais permaneçam espalhados ao redor do planeta por 10 anos, sendo que após este período participarão de um concurso que escolherá o melhor super porco. Uma década depois, a jovem Mija (Seo-Hyun Ahn) convive desde a infância com Okja, o super porco fêmea criado pelo avô. Prestes a perdê-la devido à proximidade do concurso, Mija decide lutar para ficar ao lado dela, custe o que custar.

 

  1. O mínimo para viver
5 filmes atuais disponíveis na Netflix para gerar discussões em sala 1
(Imagem: Reprodução/Netflix Produções)

 

O longa mostra a trajetória de uma garota que sofre de anorexia nervosa, vivendo em contato com outras pessoas que também tem distúrbios alimentares e fazendo sessões de terapia com terapeuta completamente diferente.

Sinopse: Uma jovem (Lily Collins) está lidando com um problema que afeta muitos jovens no mundo: a anorexia. Sem perspectivas de se livrar da doença e ter uma vida feliz e saudável, a moça passa os dias sem esperança. Porém, quando ela encontra um médico (Keanu Reeves) não convencional que a desafia a enfrentar sua condição e abraçar a vida, tudo pode mudar.

 

  1. Bright
5 filmes atuais disponíveis na Netflix para gerar discussões em sala 2
(Imagem: Reprodução/Netflix Produções)

 

No espaço em que a produção se passa, muitas raças vivem juntas: Seres humanos, elfos, orcs, fadas… E a principal crítica aparece quando um orc se torna policial (porque todos os orcs tem fama de serem bandidos) e sofre muitos preconceitos.

Sinopse: Em um mundo futurista, seres humanos convivem em harmonia com seres fantásticos, como fadas e ogros. Mesmo nesse cenário infrações da lei acontecem e um policial humano (Will Smith) especializado em crimes mágicos é obrigado a trabalhar junto com um orc (Joel Edgerton) para evitar que uma poderosa arma caia nas mãos erradas.

 

  1. Onde está segunda?
5 filmes atuais disponíveis na Netflix para gerar discussões em sala 3
(Imagem: Reprodução/Netflix Produções)

 

Em um mundo com uma superpopulação no futuro, os casais foram proibidos de terem mais de um filho. Aqueles que tivessem mais de um, deveriam enviá-los para o governo para supostamente, serem congelados e descongelados quando houvesse mais espaço no planeta. Passamos a acompanhar então 7 irmãs gêmeas que se revezam para ser somente uma mulher na sociedade. *Atenção! Esse filme contém cenas impróprias para menos de 18 anos*.

Sinopse: 2073. O aumento crescente da população faz com que os recursos naturais da Terra se tornem cada vez mais escassos, especialmente após a América do Sul tornar-se um imenso deserto. A saída é investir em alimentos geneticamente modificados, de forma a ampliar a produção em um espaço físico cada vez mais limitado. Entretanto, tal iniciativa gera como efeito colateral o nascimento cada vez maior de gêmeos, o que aumenta ainda mais o problema da superpopulação. Neste contexto, Nicolette Cayman (Glenn Close) surge com uma proposta drástica: cada casal pode ter apenas um filho, e os irmãos são confinados em ambiente criogênico para serem despertados quando a situação do planeta estiver sob controle. Todos os países adotam esta proposta, com a criação de uma agência implacável que fiscaliza os cidadãos através de pulseiras eletrônicas. Apesar de tamanha vigilância, Terrence Settman (Willem Dafoe) consegue salvar a vida de suas sete netas fazendo com que elas se revezem nos dias da semana, de forma que todas assumam o codinome Karen Settman – o mesmo nome de sua mãe, que faleceu no parto. Trinta anos depois, as sete irmãs seguem esta rígida rotina até que uma delas, Segunda (Noomi Rapace), misteriosamente não retorna para casa.

 

  1. Não me abandone jamais
5 filmes atuais disponíveis na Netflix para gerar discussões em sala 4
(Imagem: Reprodução/Netflix Produções)

 

Adaptação do livro de Kazuo Ishiguro (vencedor do prêmio Nobel de literatura de 2017), também futurístico, o longa mostra algo totalmente inesperado: As pessoas podem ter um clone (que nasce, cresce, tem sentimentos), para utilizá-los quando precisarem ao seu bel prazer. Por exemplo: Fiquei velho, preciso de um fígado novo. Se eu tenho um clone, basta tirar dele o fígado de que eu preciso, mesmo que ele morra). Esse filme critica o egoísmo da sociedade, a exploração humana e a crueldade da humanidade que não tem limites. *Atenção! Esse filme contém cenas impróprias para menos de 18 anos*

Sinopse: Ruth (Keira Knightley), Tommy (Andrew Garfield) e Kathy (Carey Mulligan) cresceram juntos em um internato cheio de disciplinas rígidas nas questões da alimentação e na manutenção do corpo saudável. Criados, praticamente, sem contato com o mundo exterior na misteriosa escola, os três sempre foram muito unidos, mas uma revelação surpreendente sobre doação de órgãos e o objetivo de suas vidas pode mudar o rumo da história. Ainda mais pelo clima de romance entre Ruth (Keira) e Tommy (Andrew) incomodar cada vez mais Kathy (Carey).

 

*Para os filmes com cenas impróprias, basta marcar em que tempo do filme aparece, e pular na hora em que for reproduzi-lo. Vale a pena esse esforço, uma vez que os filmes são realmente muito bons.

Esses filmes são propostas interessantes para turmas do Ensino Médio.