Recorte Lírico

Tirando a literatura dos corredores acadêmicos

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 2 outros assinantes

10 livros para revisores que não podem faltar na sua coleção

12 de abril de 2018

Categorias:Listas Tags:, , , ,

10 livros para revisores que não podem faltar na sua coleção

Você gosta de ler? Se respondeu com um sonoro “sim”, saiba que está no caminho e na profissão corretos. Afinal, para atuar como revisor, é fundamental entender a fundo o funcionamento da língua portuguesa e de quaisquer outras com as quais você trabalhe.

Revisores precisam conhecer nosso idioma a fundo — não apenas para escrever corretamente, mas também para serem capazes de se adaptar aos diferentes estilos e propostas de cada cliente. Quando você está seguro quanto ao domínio do português, conseguirá fazer isso com mais qualidade e flexibilidade, pois entenderá as diferentes formas que o idioma pode tomar.

Nesse contexto, manter-se sempre atrás de mais conhecimento é uma excelente maneira de avançar em sua carreira. Como a revisão é uma atividade cheia de minúcias, estar com a mente atiçada e recheada de novos aprendizados será um grande diferencial no seu trabalho. Com isso, você se estabelecerá no meio e conquistará cada vez mais clientes.

E quer jeito melhor de aprender do que lendo grandes e variados autores? Pensando nisso, a seguir, listamos os dez melhores livros para revisores para você conferir e se inspirar na hora da trabalhar. Continue com a gente e complemente sua biblioteca particular!

1. ABC da Língua Culta, de Celso Luft

Publicado pela Editora Globo em 2010, ABC da Língua Culta é um verdadeiro manual para revisores. Elaborado por Celso Luft (sim, aquele mesmo do dicionário!), a obra é completa e agradável de ler, com descrições precisas e que serão úteis para todo mundo que trabalha com a língua portuguesa.

Luft é, sem dúvidas, um dos nomes mais conhecidos quando o assunto é português. Além de desenvolver dicionários, ele também atuou como professor, gramático, filólogo e linguista. Tudo isso proporcionou a Luft uma compreensão profunda do nosso idioma — além de um talento admirável para compartilhar seus conhecimentos com os leitores.

Assim, sempre que você tiver dúvidas sobre sintaxe, morfologia, sinônimos, expressões cotidianas, enfim, tudo aquilo que forma a língua portuguesa, basta consultar o ABC da Língua Culta. Depois, você estará pronto para entregar uma revisão impecável!

2. Gramática Reflexiva da Língua Portuguesa, de Marcelo Moraes Caetano

Em Gramática Reflexiva da Língua Portuguesa, Marcelo Moraes Caetano convida o leitor a pensar e a analisar por si mesmo o nosso idioma. Ele faz isso por meio de uma obra teórica que inclui esquemas gráficos e exercícios divididos por assunto, que você pode utilizar tanto para treinar quanto para revisar o que acabou de ler.

Recomendado tanto para profissionais que estão começando a trabalhar com revisões quanto para os mais experientes, a Gramática Reflexiva da Língua Portuguesa vai levar você mais fundo no fascinante mundo do português. Tudo isso guiado por Caetano, que tem mais de 40 livros publicados no mundo todo e, atualmente, é professor da Universidade do Estado do Rio de Janeiro e o membro mais jovem da Academia Brasileira de Letras.

3. Manual de Sobrevivência do Revisor Iniciante, de Carolina Machado

Isso mesmo, um livro escrito especialmente para revisores! Publicado em formato digital, Manual de Sobrevivência do Revisor Iniciante é um guia completo não apenas sobre como revisar, mas principalmente, sobre como estabelecer-se enquanto profissional.

Assim, Carolina Machado traz informações sobre quanto cobrar por seu trabalho, quais são suas possibilidades como revisor e como freelancer, como conquistar mais clientes e como gerenciar seus projetos. Além disso, ela ainda fala sobre a importância da pesquisa para a revisão, compartilha dicas de ética profissional e muito mais.

Manual certamente vai ajudar você a entender a importância de aprofundar-se por meio da leitura de livros sobre a língua portuguesa, como os que indicamos aqui. Machado também escreve no blog Revisão Para Quê?, onde você pode conhecer melhor o excelente trabalho dela.

4. 1001 Dúvidas de Português, de José de Nicola e Ernani Terra

Publicado pela Editora Saraiva em 2009, 1001 Dúvidas de Português é um guia básico e conciso, mas também muito prático e eficiente. Nele, José de Nicola e Ernani Terra trazem, como o título indica, aquelas questões pontuais da nossa língua que podem confundir até mesmo aqueles que tem mais familiaridade e experiência com o idioma.

O guia está disponível também em uma edição de bolso, que pode ser carregada facilmente para todo lado para ajudar você sempre que uma dúvida surgir. José de Nicola é um experiente professor de português e autor de livros didáticos sobre a língua. Já Ernani Terra, que também construiu uma longa carreira como professor, publicou diversos livros e artigos sobre português e, atualmente, dedica-se principalmente à pesquisa acadêmica.

5. Dicionário de Dificuldades da Língua Portuguesa, de Domingos Paschoal Cegalla

A complexidade da nossa língua materna faz com que muitas dúvidas sejam comuns — sem falar naqueles pontos que muita gente, até mesmo profissionais do idioma, erram sem nem perceber. Assim, Dicionário de Dificuldades da Língua Portuguesa é mais uma ferramenta para ajudar você com isso.

A Editora Lexikon publicou a terceira edição da obra em 2011. O que distingue Domingos Paschoal Cegalla dos autores de outros livros similares é a forma austera e frequentemente inflexível com que ele enxerga a língua portuguesa. Isso é resultado da formação clássica do autor, que, entre outros idiomas, estudou grego e latim. Cegalla deu aulas de português, literatura e latim nas cidades de Curitiba, São Paulo e Rio de Janeiro. Ele também era tradutor e poeta.

Portanto, o Dicionário de Dificuldades da Língua Portuguesa é, sim, excelente para esclarecer características e regras do português, mas deve ser lido com cuidado e sempre mantendo em mente o tipo de linguagem solicitado pelo cliente. Seguir as convenções da língua é fundamental, é claro, mas é importante deixar espaço para a flexibilidade e para o perfil de cada cliente e leitor.

6. Escrevendo Pela Nova Ortografia, do Instituto Antônio Houaiss

Em 2009, passamos a seguir o novo Acordo Ortográfico — ou Reforma Ortográfica — da Língua Portuguesa. Até o final de 2012, houve um período de transição, em que as duas formas coexistiam. Então, em 1º de janeiro de 2013, o novo Acordo passou a reger sozinho as regras de escrito do português.

Entretanto, mesmo agora, anos depois, muitas pessoas ainda têm grandes dificuldades de obedecer a Reforma, e até profissionais que trabalham diariamente com a língua cometem erros ocasionais. Quantas vezes você já não se deparou com “dia-a-dia”, ainda com hífen, ou “vôo” sem a eliminação do acento?

Portanto, é bastante útil ter à mão este Escrevendo Pela Nova Ortografia, manual elaborado pelo Instituto Antônio Houaiss com tudo o que você precisa saber sobre o Acordo. As novas regras de acentuação, hífen, trema e estrangeirismos estão todas reunidas nessa obra agradável e de fácil compreensão que saiu pela Publifolha.

7. Dicionário Prático de Regência Verbal e Nominal, de Celso Luft

Mais dois títulos de Celso Luft que não podem faltar na biblioteca do revisor profissional! As regras de regência também adoram confundir a cabeça dos falantes da língua portuguesa, muitas vezes sem que você nem se dê conta que está falando ou escrevendo errado e, ao revisar, que deixou um engano desses passar despercebido.

Assim, a dupla Dicionário Prático de Regência Verbal e Dicionário  Prático de Regência Nominal vai esclarecer esses que são dois dos assuntos mais complexos do nosso idioma. Com eles ao seu lado, você sempre poderá descobrir exatamente como complementar um verbo, substantivo ou adjetivo. Publicados pela Editora Ática, os livros já ganharam edições atualizadas de acordo com o novo Acordo Ortográfico.

8. Gramática Histórica, de Ismael de Lima Coutinho

Publicado pela Editora Ao Livro Técnico dentro de sua coleção “Linguística e Filologia”, Gramática Histórica é um livro obrigatório para quem quer desvendar a língua portuguesa. Aqui, Ismael de Lima Coutinho constrói um retrato complexo e envolvente da evolução da fonética e da morfologia do português brasileiro, além de aprofundar-se na formação das línguas românticas e, mais especificamente, do nosso idioma.

Coutinho tem uma vasta bibliografia de livros e artigos publicados, mas Gramática Histórica é, sem dúvidas, sua obra máxima. Depois de formar-se em Direito pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, ele começou a trabalhar como professor de língua portuguesa. A produção acadêmica de Coutinho está nas mãos do professor Rosalvo do Valle, que comprou as obras do colega para a Universidade Federal Fluminense e para sua biblioteca particular.

9. Gramática da Língua Portuguesa, de Pasquale & Ulisses

Nossa próxima dica foi escrita por uma dupla bastante conhecida no meio didático do português: Pasquale Cipro Neto, ou simplesmente Professor Pasquale, e Ulisses Infante. Eles desenvolveram a Gramática da Língua Portuguesa, obra extremamente completa e de fácil compreensão. Por isso, o livro faz sucesso tanto entre profissionais e educadores quanto entre pessoas de todas as idades que simplesmente desejam aprofundar seus conhecimentos cotidianos do nosso idioma.

Alternando tópicos gramaticais e análises de diferentes tipos de texto, a Gramática da Língua Portuguesa usa esse formato para ajudar você a refletir sobre e a identificar imediatamente o que você acabou de estudar. Trazendo discussões sobre os mais diversos tipos de gênero, a obra vai permitir que você entenda as características próprias de poesias, conteúdos publicitários, poemas e textos jornalísticos, por exemplo. A nova edição está atualizada de acordo com a Reforma Ortográfica.

Pasquale já apresentou programas de televisão e trabalhou como colunista da Folha de S. Paulo, o que deu a ele uma grande notoriedade como educador. Dando continuidade a esse trabalho de divulgar o português para toda a população, o professor passou a apresentar um programa de rádio sobre a língua portuguesa.

Enquanto isso, Infante desenvolveu uma longa carreira como professor e, atualmente, trabalha com projetos e pesquisas acadêmicos sobre nosso idioma e literatura. A Gramática, então, reúne as melhores qualidades de cada um deles, resultando em uma obra completa e dinâmica.

10. Guia Prático do Português Moderno, de Cláudio Moreno

Cláudio Moreno publicou quatro volumes do Guia Prático do Português Moderno, todos pela editora L&PM Pocket: OrtografiaMorfologiaSintaxe e Pontuação. As novas edições são todas de acordo com a nova Reforma Ortográfica. Outra vantagem dos livros é que eles podem ser encontrados por preços bastante acessíveis, algo que nem sempre acontece quando falamos de obras didáticas e gramáticas.

Com seus Guias Práticos, o professor Cláudio Moreno busca descomplicar a complexidade da língua portuguesa, permitindo que leitores de todas as idades e áreas de atuação possam descobrir a beleza do nosso idioma de maneira divertida, envolvente e clara. Para tanto, Moreno deixa a linguagem acadêmica de lado e investe em uma escrita bem-humorada e informal, fazendo com que a leitura dos Guias seja interessante a qualquer momento, e não apenas quando surgir uma dúvida específica.

Formado em Letras com habilitação em português e grego pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Moreno trabalhou nos cursos de Letras e Jornalismo na mesma universidade. Durante toda a sua formação escolar, da pré-escola até a faculdade, Moreno estudou apenas em instituições de ensino públicas. Isso certamente contribuiu para a maneira acessível com que ele enxerga e promove a língua portuguesa.

Assim, o professor mantém o blog Sua Língua, onde publica dicas, curiosidades e lições de português para que todos possam ler. Essa característica está presente também em seus Guias Práticos, onde ele prefere deixar as regras um pouco de lado para falar da língua que realmente usamos em diferentes contextos e que foi se adaptando e se moldando ao povo brasileiro. Enxergando o português de forma ampla, Moreno quer que o leitor realmente compreenda o idioma, e não apenas decore seu funcionamento.

E então, gostou de conhecer as dez dicas de livros para revisores que separamos para você? Como deu para perceber, a complexidade e a riqueza da língua portuguesa fazem com que autores dos mais diversos estilos e perfis escrevam sobre ela. O resultado é que, para cada momento e para cada profissional, há várias obras que se encaixarão exatamente naquilo que você precisa para tornar-se um revisor cada vez mais competente e seguro.

 

 

Texto publicado, originalmente, por Mariana González para o site “Rock Content”.