Recorte Lírico

Tirando a literatura dos corredores acadêmicos

Assinar blog por e-mail

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 3 outros assinantes

Crônica sobre a angústia

18 de janeiro de 2019

Categorias:Crônica Tags:

Crônica sobre a angústia

Dona Sebastiana estava preocupada. Procurava por todo canto, mas não o encontrava.

— Você viu ele? — perguntou ao marido.

— Não faço a menor ideia de onde ele está — ele respondeu.

Ela continuou procurando, aflita.

Indagou sua própria mãe, seu irmão e um sobrinho.

Ninguém sabia.

Triste, cabisbaixa, prostrou-se na varandinha e ficou observando a rua, à espera de um sinal, um mínimo indício de sua localização.

Sentia o peito apertado. Estava preocupada, ansiosa e receosa.

O peso sobre o coração era demais. O desespero irrompeu de dentro para fora e ela gritou para a noite a plenos pulmões, chamando, na esperança de que ele aparecesse:

— QUEIROOOOOOOOOOOZ!!!!!

Na rua, ali perto, um garoto teve um piripaque.

 

 

 

Leia outros textos de Farrel, na página do colunista. Acesse clicando aqui.