20 de março de 2019

As 10 melhores adaptações literárias no cinema

As 10 melhores adaptações literárias no cinema

O cinema busca histórias em muitos lugares, principalmente na literatura. O tópico é controverso e há quem diga que o livro nunca pode ser superado pelo filme. Será verdade? Escolhemos dez filmes que são reconhecidamente considerados melhores que seus originais. As adaptações foram escolhidas segundo seu sucesso no cinema, relevância da obra original dentro da literatura e repercussão para além da época de ambas as obras – e, claro, gosto […]

1 de janeiro de 2019

Os números do blog no passado e as projeções para 2019

Os números do blog no ano passado e as projeções para 2019

Bom, 2018 se foi e com ele aprendemos muitas coisas, em várias perspectivas. O blog Recorte Lírico completou dois anos de vida, novos autores entraram, outros saíram. Alguns permaneceram, firmes e fortes. Pois bem, apresento-lhes os números do blog no ano de 2018, o melhor desempenho na história do Recorte. Os números gerais de visualizações totalizaram 88.917 views, nada mal, hein. 33.515 leitores, de todo o mundo, acessaram o blog em algum […]

13 de novembro de 2018

Arte, ativismo e afeto: Andréa Tolaini lança "SEIVA"

Arte, ativismo e afeto: Andréa Tolaini lança “SEIVA”

A artista visual Andréa Tolaini acaba de lançar “SEIVA”, uma coletânea de ilustrações acompanhadas de texto representativo. O objetivo dessa união de duas linguagens, incluindo a palavra como mais uma forma de transmitir a mensagem contida no desenho, é tornar a arte ainda mais próxima e nítida. Independente, projeto surgiu da vontade que a autora tinha de reunir suas produções mais admiradas na rede. Por isso, todo o processo criativo da autora […]

20 de abril de 2018

O que eu descobri lendo Elena Ferrante

O que eu descobri lendo Elena Ferrante

O ano era 2004, eu estava na segunda série do fundamental – o terceiro ano de hoje – quando a conheci. Até então, não tinha feito muitas amizades, sempre gostei de ficar na minha, só falar quando falavam comigo. O problema é que crianças precisam de amigos, eu sabia que não sobreviveria ali sozinha; decidi me aproximar da menina que tinha a mochila parecida com a minha. Por três anos […]

18 de abril de 2018

ATÉ QUE A MORTE ME UNA

[Quarta Poética] ATÉ QUE A MORTE ME UNA

Silêncio. Onde a palavra nasce e depois morre. Tobogã onde toda sílaba escorre. Um nada antes e outro depois. Uma ausência final diferente. No começo não se existe. No fim, sobra-se na memória (túmulo vivo) que carregam da gente. Antes da chegada, o desconhecido. Partido, entre outros distribuído, até, com (ou sem?) sorte, ser esquecido e oferecido à morte. Que a palavra final me condene a mim. E demore assim. […]

12 de abril de 2018

10 livros para revisores que não podem faltar na sua coleção

10 livros para revisores que não podem faltar na sua coleção

Você gosta de ler? Se respondeu com um sonoro “sim”, saiba que está no caminho e na profissão corretos. Afinal, para atuar como revisor, é fundamental entender a fundo o funcionamento da língua portuguesa e de quaisquer outras com as quais você trabalhe. Revisores precisam conhecer nosso idioma a fundo — não apenas para escrever corretamente, mas também para serem capazes de se adaptar aos diferentes estilos e propostas de cada […]

11 de abril de 2018

CASCA DO SILÊNCIO

[Quarta-Poética] Casca do silêncio

Cada vez que o mundo doía, Uma poesia. Foram tantas as vezes. Sofri tantas lágrimas, solidões e meses, Que não há nada agora que me defina, A não ser esta espessa e pesada rima Que incomoda mais a cada dia.     Leia outros textos da Quarta Poética.

4 de abril de 2018

Batom vermelho

Batom vermelho

Tua boca, maçã Fruto proibido Sou anjo caído

30 de março de 2018

A importância de se reconhecer em Ismênia

A importância de se reconhecer em Ismênia

Ao ler a peça Antígona, do dramaturgo grego Sófocles, conseguimos facilmente nos simpatizar com a heroína homônima. Antígona é uma mulher forte, determinada e corajosa, a qual a lei dos homens não pode intimidar. Isso fica claro quando ela decide ir contra a ordem do tirano Creonte e sepultar seu irmão Polinice com suas próprias mãos. Quando li a obra pela primeira vez (confesso: uma leitura rápida e obrigatória, visando […]

28 de março de 2018

1

Moldura

“Minha alma bateu com força em meu corpo, pelo lado de dentro, moldando-o.   O formato que ele tem é, então, o mais próximo que ela conseguiu chegar de você.”