15 de agosto de 2017

Flipelô termina com grande sucesso em Salvador

Flipelô termina com grande sucesso em Salvador

Com saraus, mostras e exposições, a Flipelô teve cinco dias de evento em homenagem ao escritor baiano Jorge Amado, que faria 105 anos na última quinta-feira (10). Entre os casarões coloniais do Centro Histórico de Salvador, no Largo do Pelourinho, em frente à sede da Fundação Casa de Jorge Amado, um colorido letreiro com o nome #FLIPELÔ foi cenário de fotos de turistas e participantes da Festa Literária. A Flipelô […]

14 de agosto de 2017

O banquete babilônico

O banquete babilônico

O cativeiro babilônico é um dos temas mais profícuos em nossa tradição poética, tendo sido fixado pelas redondilhas camonianas: Sôbolos rios que vão Por Babylonia, me achei, Onde sentado chorei As lembranças de Sião, E quanto nella passei. Alli o rio corrente De meus olhos foi manado; E tudo bem comparado, Babylonia ao mal presente, Sião ao tempo passado. Alli lembranças contentes N’alma se representárão; E minhas cousas ausentes Se […]

11 de agosto de 2017

Jorge Amado subvertia espaço reservado à elite na literatura, diz biógrafa

Jorge Amado subvertia espaço reservado à elite na literatura

Se estivesse vivo, o escritor baiano Jorge Amado teria completado 105 anos ontem (10). A fundação que leva o seu nome, em Salvador, completa 30 anos e essa dupla comemoração é lembrada na 1ª Festa Literária Internacional do Pelourinho (Flipelô), que teve programação aberta para o público ontem e permanece até o domingo, no Centro Histórico da capital baiana. Entre as mesas de debates mais aguardadas está a da biógrafa […]

8 de agosto de 2017

Um poeta de classe

Um poeta de classe

De um modo geral, Chesterton distinguia na sociedade três classes de pessoas. A classe do povo, a dos poetas e a de cientistas e intelectuais. De maior valor, a primeira classe é responsável pela produção. A ela em alguma medida pertencemos todos nós. Como um mal para suas famílias, ainda que um bem para a humanidade, a segunda classe é responsável pela expressão do sentimento popular. A ela pertencem aqueles […]

7 de agosto de 2017

Retenção

Retenção

Já nem suor lacrimejas. Orgulha-te, então, de quê? Do afeto que não transpiras?

5 de agosto de 2017

O efeito Flip na lista dos mais vendidos

O efeito Flip na lista dos mais vendidos

Passada a Flip, é hora de medir a sua força nas vendas de livros. Lázaro Ramos, um dos grandes destaques da Festa, viu seu livro – Na minha pele (Companhia das Letras) – subir na lista novamente e fechou a semana da Flip na terceira posição da Lista Geral, com 4.176 exemplares vendidos. A título de comparação, na semana passada, ele aparecia na quinta posição, com 2.255 exemplares vendidos.     […]

3 de agosto de 2017

Um dedo de prosa in natura

Um dedo de prosa in natura

Terra quente Umedecida O que queres em mim fertilizar?   Púrpura Aurora É chegada a hora. Chama flamejante Por que estou a vacilar?   Anseio de libertação Um nó de provocação Que fio de Ariadne está a me apertar?

1 de agosto de 2017

Um vínculo (des)necessário

Um vínculo (des)necessário

Versado em sentido deixaste cativo o vínculo de um mal atuado.   A coragem que se ausentou do encontro foi a mesma que não compareceu ao desenlace.   Foi na via escorregadia de tua impropriedade que o sentido se perdeu.

1 de agosto de 2017

Resultado do concurso da Revista Recorte Lírico

Resultado do concurso da Revista Recorte Lírico

Foram mais de 250 textos recebidos durante o concurso realizado pelo portal para a primeira edição da Revista Recorte Lírico. Destaques para o Norte e Nordeste, com alto número de autores dessas regiões, provando que a literatura nacional respira, e não só no sul e no sudeste brasileiro. Como proposta central da primeira edição, e, até de certa forma, lema permanente do editorial da revista, queríamos lançar os novos autores. […]

31 de julho de 2017

O Rogério de Cada Um

O Rogério de cada um

A sociedade busca sempre um culpado para tudo de ruim que acontece no mundo. Um dos culpados seria o diabo, pois ele é o pai de todo o mal que existe. Porém o que a sociedade não enxerga é que o mal está para todos assim como o bem e vai de as pessoas escolherem aquilo que elas querem seguir e praticar. Por este motivo, Deus deu a humanidade o […]