14 de outubro de 2017

[Hora do Enem] Principais casos de vírgula

[Hora do Enem] Principais casos de vírgula

– Morei no Rio de Janeiro, na década de 1960. > Vírgula para separar os advérbios. – Ingredientes: – 2 xícaras de farinha, branca; – 4 xícaras de polvilho, azedo; – 4 ovos. > Vírgula para separar os itens principais de seus especificativos, como ocorre nos dois primeiros tópicos desse exemplo. Atenção: Quando há uma lista vertical, com itens iniciados com minúsculas, usar ponto-e-vírgula ao final de cada item (exceto […]

12 de outubro de 2017

O estranho que nós amamos: Quando os opostos se atraem

O estranho que nós amamos: Quando os opostos se atraem

(Atenção: alerta de spoilers.)   O novo filme de Sofia Coppola é a segunda adaptação cinematográfica de um texto literário. O romance, escrito por Thomas P. Cullinan, foi publicado em 1966. Cinco anos depois, em 1971, foi lançado o primeiro longa, dirigido por Don Siegel e estrelado por Clint Eastwood. Em 2017, quase quatro décadas após a primeira versão fílmica, Sofia Coppola lançou sua releitura da história, que se passa […]

7 de outubro de 2017

[Hora do Enem] Artigo, preposição e uso do acento grave 1

[Hora do Enem] Artigo, preposição e uso do acento grave

“A”: preposição ou artigo? A viagem a Boston foi tranquila. O primeiro “a” é artigo, porque permite flexão, para concordar com o substantivo “viagem”. Assim, temos: “a viagem” e “as viagens”. O segundo “a” é preposição, porque não permite flexão e porque pode ser substituído por outra preposição: “para”. Dessa forma, temos: “A viagem para Boston foi tranquila.” Outros exemplos: O candidato declarou que não irá manter a atitude ofensiva […]

28 de setembro de 2017

O novo gótico na sociedade contemporânea

O novo gótico na sociedade contemporânea

Este trabalho relaciona o romance Drácula (1897), de Bram Stoker, às narrativas contemporâneas da literatura e do cinema, as quais fazem parte do que pode ser considerado como novo gótico. A partir de Drácula, obra precursora no mito do vampiro, personagem considerado um morto-vivo, são estudados o livro Memórias desmortas de Brás Cubas (2010), de Pedro Vieira; e o filme Drácula, a história nunca contada (Dracula untold, EUA, 2014), do […]

14 de setembro de 2017

Teatro, sociedade e o ataque às torres gêmeas: Ser ou não ser humano? 1

Teatro, sociedade e o ataque às torres gêmeas: Ser ou não ser humano?

Esta semana, o mundo inteiro relembra a tragédia que marcou nosso século, logo em seu primeiro ano de vida. Há 16 anos, no dia 11 de setembro de 2001, nosso futuro era definido de modo tão intenso que nem sequer conseguíamos acreditar no que todos os veículos de comunicação noticiavam ao mesmo tempo, e com o mesmo espírito de dúvida e estarrecimento. Naquela manhã, todas as TVs estavam ligadas e […]

31 de agosto de 2017

Inferno e paraíso de um erro DE UM ERRO EMOCIONAL

Inferno e paraíso de ‘um erro emocional’

Um erro emocional, de Cristovão Tezza, começa com a afirmação de um erro, descontrole que desencadeia um caminho pelo Inferno das lembranças, dos traumas, das derrotas, dos amores e das traições do personagem e autor Paulo Donetti. Do começo ao fim da história, o vinho servido por Beatriz aproxima o protagonista de sua verdade. A linguagem reflete o processo do autoconhecimento, com negativas, retrocessos, fantasias e um avanço lento e […]

17 de agosto de 2017

Uma leitura das cores 3

Uma leitura das cores

Uma tarde e dois filmes. Primeiro, Julieta, de Pedro Almodóvar. Depois, Life, de Anton Corbijn. Duas experiências intensas. Histórias profundas, fascinantes e reflexivas. Entretanto, quando escolhi os dois filmes do dia, não esperava encontrar tantas coincidências entre eles. Na metade de Life, percebi a maior delas: a definição das cores e o forte aspecto semântico de todo aquele cromatismo, que, pela ordem dos filmes, começou com cores fortes e quentes […]

3 de agosto de 2017

Poemas inéditos de Pablo Neruda: A obra póstuma de um poeta eterno 3

Poemas inéditos de Pablo Neruda: A obra póstuma de um poeta eterno

Em dezembro de 2014, durante uma viagem ao Chile, havia uma lista de coisas para fazer, ver, conhecer e algumas poucas para comprar. Sem dúvida, em Santiago, a primeira visita foi à “casa azul”, La Chascona, onde Pablo Neruda morou com Matilde Urrutia, e o que abria minha lista de compras era o livro de poemas inéditos do poeta chileno, para que eu pudesse adquirir os textos, recém-lançados (pois a […]

6 de julho de 2017

A mulher-maravilha do novo século 2

A mulher-maravilha do novo século

(Atenção: alerta de spoilers.)  O último mês foi marcado pela estreia do filme Mulher-maravilha (EUA, 2017), de Patty Jenkins, com Gal Gadot e Chris Pine nos papéis principais. O longa arrasou nas bilheterias do mundo todo. Lançado no mesmo período do novo filme da série A múmia, a expectativa era que Tom Cruise superasse facilmente Gal Gadot, o que não ocorreu. Nos Estados Unidos, no fim de semana de 23 […]

23 de junho de 2017

Trapo: Metaficção e estrutura narrativa

Trapo: Metaficção e estrutura narrativa

             Metaficção e metalinguagem são termos similares. A única diferença é o universo em que atuam. Roman Jakobson refere-se a dois níveis de linguagem: “[…] a linguagem-objeto, que fala de objetos, e a ‘metalinguagem’, que fala da linguagem” (JAKOBSON, 1977, p. 127, grifo no original). Jakobson detém-se sobre esse assunto, quando focaliza o código como centro da função metalinguística da linguagem, que é identificada “sempre […]