5 de novembro de 2018

O Xodó do Público Leitor do Brasil 1

O Xodó do Público Leitor do Brasil

Em primeiro lugar, devo deixar claro que esse texto é mais uma brincadeira para distrair e divertir os leitores do que uma opinião crítica. Hoje decidi falar deles, os grandes opostos da literatura brasileira do começo do século XX: o ilustríssimo parnasiano Olavo Bilac e o poeta dos cadáveres e vermes Augusto dos Anjos! Agora, por que logo esses dois? Bom, eu particularmente acho que eles são grandes opostos que […]

2 de julho de 2018

Rei Leão, uma fanfic que deu certo 1

Rei Leão, uma fanfic que deu certo

Quem aí gosta da Disney? Bem, a Disney, apesar de ser uma empresa comercial, já produziu algumas animações de altíssima qualidade: O Corcunda de Notre Dame, Mulan, Tarzan, citando os melhores exemplos. Hoje irei tratar sobre uma que é, em especial, um “clássico” da Disney: Rei Leão. Rei Leão foi lançado em 1994, obtendo grande sucesso de bilheteria, com uma equipe de dublagem ótima, trilha sonora muito boa e uma […]

6 de junho de 2018

Desnecessária felicidade

Desnecessária felicidade

O propósito da vida é a felicidade, certo? Pra uns, casar, ter filhos, ver a família crescer , morrer tendo conhecido os bisnetos. Pra outros, uma memória com coleções de lembranças sobre aventuras amorosas. Acho que é correto dizer que o que faz cada um feliz tem um grau considerável de variação. Alguns até diriam que o que traz felicidade é subjetivo. A presente reflexão foi engatilhada por um texto […]

15 de maio de 2018

Picas da Galáxia

Picas da Galáxia

Hoje a humanidade explora e coloniza cerca de três por cento de toda a Via Láctea, e avança rápido sobre o restante. Sou otimista e acredito que teremos o controle de toda nossa galáxia em menos de vinte e três milhões de anos. Não temos a pretensão de ocupar todo o universo. Afinal, se os aglomerados de galáxias afastam-se um dos outros em velocidades altíssimas devido a expansão do universo […]

7 de maio de 2018

Augusto dos Anjos era Go Veg?

Augusto dos Anjos era Go Veg?

Augusto dos Anjos é conhecido por sua poesia excêntrica e macabra, focando o grotesco e uma visão fria da vida como forma de criar suas reflexões e críticas. Há alguns de seus poemas que seguindo essa mesma linha de retratar o grotesco nos trazem uma visão interessante sobre a morte, observe: À Mesa Cedo à sofreguidão do estômago. É a hora De comer. Coisa hedionda! Corro. E agora, Antegozando a […]

3 de maio de 2018

Variações de terror e violência em American Horror Story

Variações de terror e violência em American Horror Story

(Atenção: alerta de spoilers.)   Idealizada e produzida por Ryan Murphy e Brad Falchuk, a série televisiva American horror story, transmitida pelo canal FX, já completou sete temporadas. No ar desde 2011, a atração é considerada um dos maiores sucessos dos últimos tempos no gênero do terror. Esse tipo de narrativa associa-se às histórias de horror, ao novo gótico e ao fantástico, elementos que, atrelados, representam de modo exemplar a […]

2 de maio de 2018

Travaillons donc à bien penser. Voilá le principe de la morale.

Travaillons donc à bien penser. Voilá le principe de la morale.

Theodore Dalrymple, pseudônimo do psiquiatra inglês Anthony Daniels, é um daqueles amargos e certeiros autores de crítica social que aparecem de tempos em tempos, e que suscitam sentimentos extremos: não é possível gostar ou não gostar dele. Ou se ama, ou se odeia. Dalrymple, em seus escritos, guia o leitor nos emaranhados das próprias reflexões acerca de vários aspectos da sociedade contemporânea, mais especificamente da europeia. Boa parte de suas […]

20 de abril de 2018

O que eu descobri lendo Elena Ferrante

O que eu descobri lendo Elena Ferrante

O ano era 2004, eu estava na segunda série do fundamental – o terceiro ano de hoje – quando a conheci. Até então, não tinha feito muitas amizades, sempre gostei de ficar na minha, só falar quando falavam comigo. O problema é que crianças precisam de amigos, eu sabia que não sobreviveria ali sozinha; decidi me aproximar da menina que tinha a mochila parecida com a minha. Por três anos […]

18 de abril de 2018

Trabalho leve não dá direito a segundo prato 1

Trabalho leve não dá direito a segundo prato

No inverno, para saber mais precisamente a temperatura caso os termômetros quebrassem, o camarada Chalámov cuspia. Quando o cuspe congelava no ar, indicava que a temperatura era de mais ou menos sessenta graus negativos. Não havia aquecimento interno ou refeição quente. O trabalho não podia parar sob pretexto nenhum, sob pena de execução. No verão, os camaradas vomitavam (ar, que era o que tinha no estômago) ao sentir o cheiro […]

30 de março de 2018

A importância de se reconhecer em Ismênia

A importância de se reconhecer em Ismênia

Ao ler a peça Antígona, do dramaturgo grego Sófocles, conseguimos facilmente nos simpatizar com a heroína homônima. Antígona é uma mulher forte, determinada e corajosa, a qual a lei dos homens não pode intimidar. Isso fica claro quando ela decide ir contra a ordem do tirano Creonte e sepultar seu irmão Polinice com suas próprias mãos. Quando li a obra pela primeira vez (confesso: uma leitura rápida e obrigatória, visando […]