4 de dezembro de 2017

Baby – por Zé Ciabotti

Baby – por Zé Ciabotti

Baby, Já sequei a garrafa de Jack Daniels que compramos naquela noite em que dormimos no quarto doze do motel Delírius. Foi a primeira vez que sussurrei em seu ouvido ‘eu te amo’, ‘eu te amo’, ‘eu te amo’, enquanto a rádio AM tocava uma versão lenta de “Don’t Let me Down. I guess nobody ever really done me, oh she done me, she done me good.”. A garrafa de […]

22 de novembro de 2017

Descarte

Descarte [#QuartaPoética]

Descarte – Milene Lunes   Não posso aceitar este amor cartesiano de criança ressentida que tudo duvida menos do próprio pensamento.   Leia outros textos da #QuartaPoética clicando aqui.

19 de novembro de 2017

As ampulhetas do Amor

[Conto] As ampulhetas do amor

Passei o dia tentando recriar a imagem mental daquela que seria a minha futura calma. Talvez semanas, obnubilado que eu estava. Mãos de algodão, que eram a expressão máxima do conforto, cabelos que a tornavam superior a qualquer outra da festa. Meu coração, hemorrágico, ainda não retomou seu ritmo habitual, descompassando os pulmões. Era o tipo que olhava de dentro, ao passo que eu a fitava com a alma. Deve […]

20 de setembro de 2017

Amor - Quarta Poética

Amor – Quarta Poética

Viver é sofrer, sofrer é amar, Amar é viver verdadeiramente. Morrer sem numa vida amar o amar Não é viver, é existir brevemente.   Se não amas, não sonhas; e sonhar É não findar, é ser perenemente. Não sonhar é não sentir, não chorar; É se arrepender quiçá eternamente.   Ama o amor e escalda em suas chamas, Ama e sê como aquilo que tu amas, E em vez de só existires, viverás!   […]

15 de setembro de 2017

Quem sabe amar? 1

Quem sabe amar?

Poesia é com Oberlan Rossetim.