E o cachorro passa bem…

E o cachorro passa bem…

Prefeito de Tamandaré/PE, Sérgio Hacker (PSB), é diagnosticado com Coronavírus (COVID-19): https://bit.ly/305pBy6;

Sua empregada doméstica preta, Mirtes Renata, não é dispensada do serviço e continua a trabalhar na casa do excelentíssimo prefeito;

Por conta disso, seu filho Miguel, de 5 anos, precisou ir ao trabalho da mãe, como é comum às mães nesse tipo de serviço. Ora por ser solteira, ora pelo filho não ter com quem ficar. Podia até ser por ambos motivos;

Além de estar trabalhando na casa de um homem público que foi diagnosticado com o vírus, a empregada precisou passear com o dog da família, submetendo-se ainda mais ao covid-19, quando a orientação é de ficar em casa, em quarentena;

Ao passear com o cachorro, a mãe deixa seu filho com a patroa, que é esposa de Sérgio Hacker…

EZo3DEbXsAEz4mV?format=jpg&name=medium - E o cachorro passa bem...

(…) a Sarí Gaspar Côrte Real, que no Instagram defini-se como “mãe maratonista”:

EZoeBXvWkAAm9Sv?format=jpg&name=900x900 - E o cachorro passa bem...

Sentindo falta de sua mãe, o menino vai ao elevador para acessar a parte inferior do prédio, onde a empregada supostamente estava com o pobrezinho do dog. Aperta botões, mas a mãe maratonista bloqueia a porta. O menino sai do elevador, mas volta, usando máscaras. Novamente Sarí Gaspar Côrte Real bloqueia a porta, entretanto, devido à insistência do garoto negro, aperta um botão de algum andar e libera uma criança de 5 anos de idade a andar sozinha num elevador: https://bit.ly/3eTqluB;

No nono andar, o garoto sai do elevador. Acessa a área dos condensadores, escala e cai.

Miguel não resistiu aos ferimentos e faleceu por negligência.

SARÍ GASPAR CÔRTE REAL, que tem seu nome protegido em quase todas as manchetes do caso, pagou uma fiança de 20 MIL REAIS. Na manchete do “Diário de Pernambuco”, SARÍ GASPAR CÔRTE REAL é definida apenas como “empregadora”:

Ela responderá, EM LIBERDADE, por homicídio culposo, quando não há intenção de matar.

A história tem muito a cara de uma fanfic, mas antes fosse.

O cachorro? Esse passa bem…

Comentários
Cássio de Miranda

Cássio de Miranda

Editor da Recorte Lírico. Baiano, mas exilado no Sul do país. Escreve sobre livros, filmes e séries. Pai, professor e escritor, não necessariamente nessa ordem. E-mail.: cassiodemiranda91@gmail.com; cassiodemiranda@recortelirico.com.br;

3 comentários sobre “E o cachorro passa bem…

  1. Quanto ao vírus, a empregada foi com sua mãe e seu filho acompanhando o casal “burguês” no confinamento em Tamandaré. Lá todos foram contaminados pelo vírus, porém, parece que tiveram apenas sintomas leves. Todos já, supostamente, estariam tratados e curados atualmente, inclusive, o anjo Miguel!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *