17 de maio de 2017

Jorge Luis Borges apresentou um mundo inteiro à própria literatura

Jorge Luis Borges apresentou um mundo à própria literatura. O argentino contemplou-a com um registo que deambula entre a filosofia e a fantasia, não esquecendo o lirismo poético, e o rigor ensaísta académico. A sua grande peculiaridade mora nas diferentes relações estabelecidas entre os constituintes da sua extensa obra, navegando por um realismo mágico, que desafia os então proeminentes realismo e naturalismo. O períplo de lugares que conheceu e onde viveu […]

26 de fevereiro de 2017

Encontro com Borges, por Sergio de Carvalho Pachá

Para o Fernando Gomes e o Rui Almeida Conheci Jorge Luis Borges pessoalmente, menos de um ano antes dele morrer. Foi à Universidade da Califórnia, em Santa Bárbara, convidado por dois departamentos, o de Espanhol e Português e o de Inglês, para fazer uma palestra em cada um deles (o homem era perfeitamente bilingüe, movendo-se com o mesmo à-vontade em inglês e castelhano). Depois de brilhantemente discorrer sobre tudo e […]

17 de novembro de 2016

Ficções, de Jorge Luis Borges

Qualquer elogio, por mais superlativo, é pouco para falar de Ficções, coleção de contos do brilhante escritor argentino Jorge Luis Borges. Publicado pela primeira vez em 1944, o livro mudou os rumos da literatura mundial e já era pós-moderno antes de o termo ser cunhado, parecendo reunir toda a sabedoria humana em suas 176 páginas. Mas até mesmo dizer isso é insuficiente, pois essa obra contém também pitadas de sabedoria sobrenatural […]

10 de outubro de 2016

Por que ler Borges?

Jorge Luis Borges (1899 – 1986) é uma daquelas figuras obrigatórias em qualquer estante. Dono de uma prosa elegante e, literalmente, fantástica, o escritor argentino é um dos maiores expoentes da literatura latino-americana, ajudou a criar movimentos artísticos em seu país e devido a preferências políticas, permaneceu a década de 70 no limbo literário, sendo resgatado somente após sua morte. Mas esse já é o final da história e, como diz […]