Scarlett Johansson processa ChatGPT por uso indevido de voz semelhante à sua

Scarlett Johansson processa ChatGPT por uso indevido de voz semelhante à sua

A famosa atriz Scarlett Johansson expressou indignação ao descobrir que o ChatGPT, desenvolvido pela OpenAI, utilizou uma voz “surpreendentemente semelhante” à sua sem autorização. Em setembro de 2023, Johansson recusou uma proposta da OpenAI para participar do projeto, mas a empresa continuou a usar uma gravação que imitava seu tom de voz. Johansson enfatizou a necessidade de legislações que protejam a imagem e a voz de indivíduos contra usos não autorizados, especialmente em tempos de deep fakes.

Como Surgiu o Conflito entre Johansson e OpenAI

O problema começou quando a OpenAI lançou uma nova voz para seu chatbot GPT-4o, chamada Sky, durante uma demonstração. Essa voz foi comparada à de Samantha, a inteligência artificial que Johansson dublou no filme “Her”. Scarlett Johansson recebeu uma oferta do CEO da OpenAI, Sam Altman, para participar do projeto, mas recusou devido a “razões pessoais”. Mesmo assim, a empresa lançou a voz que imita a da atriz, o que gerou grande frustração e surpresa para ela.

Scarlett Johansson processa ChatGPT por uso indevido de voz semelhante à sua 1

O Filme “Her”: A Comparação

Scarlett Johansson processa ChatGPT por uso indevido de voz semelhante à sua
Scarlett Johansson processa ChatGPT por uso indevido de voz semelhante à sua (Imagem: My Family Cinema/Reprodução)

O filme “Her” apresenta Theodore, um homem solitário que desenvolve um relacionamento com Samantha, uma inteligência artificial com voz fornecida por Scarlett Johansson. A conexão emocional e a voz cativante de Samantha destacam a importância da voz da atriz no papel, evidenciando por que Johansson ficou tão incomodada com a imitação utilizada pela OpenAI.

Pedido Final de Scarlett Johansson

Johansson aproveitou a situação para chamar a atenção para a necessidade de legislação que proteja a imagem e a voz das pessoas contra usos não autorizados. Ela destacou a importância de clareza absoluta quando se trata de deep fakes e a proteção da identidade e do trabalho dos indivíduos.

Impacto na Indústria e Reações

A ação de Scarlett Johansson contra a OpenAI levantou questões sobre a ética e a legalidade do uso de vozes e imagens de celebridades sem permissão. A discussão sobre deep fakes e a necessidade de proteção legal adequada se tornou mais proeminente, destacando a importância de regulamentações que acompanhem os avanços tecnológicos.

Acesse diariamente nossas dicas de filmes e se inscreva em nosso Google News para não perder nenhuma novidade.

Veja o trailer do filme “Her”:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.