Marina Colasanti Mostra a Potência de sua Literatura em Dois Novos Livros

Cássio de Miranda

Em um ano repleto de conquistas, Marina Colasanti, renomada autora brasileira, recebeu o prestigioso prêmio Machado de Assis, da Academia Brasileira de Letras, pelo conjunto da obra. Essa honra somou-se a uma extensa lista de reconhecimentos, incluindo mais de 20 troféus da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil (FNLIJ) e quase uma dezena de Jabutis, destacando-se, entre eles, o prêmio de melhor ficção de 2014 com “Breve História de um Pequeno Amor”. Além disso, Marina Colasanti está indicada ao Hans Christian Andersen, considerado o Nobel da literatura infantojuvenil, cujos vencedores serão anunciados no próximo ano.

A Magia de Marina Colasanti além dos Troféus

Antes de receber o prêmio Machado de Assis, a escritora Rosiska Darcy de Oliveira definiu de maneira poética os livros de Marina. “Marina escreve para crianças livros que também são lidos por adultos. São textos encantados, com leituras que se desdobram”, afirmou Darcy de Oliveira na cerimônia da ABL. Essa afirmação ressoa com a análise de Silvia Castrillón, consultora da Unesco, que destaca como os contos de Marina, apesar de suas aparências de contos de fadas, dirigem-se à alma humana.

7 Lançamentos na Netflix Imperdíveis em Dezembro de 2023

A literatura de Marina Colasanti transcende rótulos, mesclando elementos clássicos e contemporâneos para criar histórias que cativam leitores de todas as idades. Seus mais recentes lançamentos, “A Disponibilidade da Alma” e “Sereno Mundo Azul”, são testemunhos dessa habilidade única.

“A Disponibilidade da Alma”: Uma Jornada Literária Abraçando a Diversidade

Marina Colasanti Mostra a Potência de sua Literatura em Dois Novos Livros
Capa de “A disponibilidade da alma”, de Colasanti. (Ilustração: Carolina Guimarães Couto/Reprodução)

Publicado pela FTD, “A Disponibilidade da Alma” é uma coletânea que oferece um panorama abrangente da obra de Marina Colasanti. A obra, organizada e selecionada por Vera Maria Tietzmann Silva, reúne 50 textos que incluem contos, crônicas, poemas, ensaios e memórias. Embora não seja estritamente voltado para o público infantil, a coletânea reflete a natureza atemporal e universal da escrita de Marina.

A diversidade de linguagens presentes em “A Disponibilidade da Alma” destaca a habilidade da autora em explorar diferentes formas literárias. A obra é um convite para uma jornada pelos reinos da imaginação, onde as fronteiras entre o infantil e o adulto se desvanecem, revelando a maestria de Colasanti em conectar-se às profundezas da experiência humana.

“Sereno Mundo Azul”: Contos Mágicos que Desafiam Moralidades Convencionais

Marina Colasanti Mostra a Potência de sua Literatura em Dois Novos Livros
Capa de “Sereno mundo azul”, de Colasanti. (Ilustração: Elizabeth Builes/Reprodução)

Lançado pela Global, “Sereno Mundo Azul” é um compêndio de 15 contos inéditos que mergulham no universo mágico de Marina Colasanti. Inspirados em narrativas clássicas e maravilhosas, esses contos transportam os leitores para terras encantadas, repletas de objetos mágicos, palácios, feiticeiros e criaturas fantásticas.

A singularidade de Colasanti se manifesta ao desafiar as tradicionais morais das histórias infantojuvenis. Em vez de impor lições de maneira direta, ela tece tramas que lembram os contos dos irmãos Grimm e Charles Perrault, proporcionando aos leitores uma experiência única e inovadora.

amazon

A Estética Reinventada: Elizabeth Builes e as Ilustrações que Transcendem Fronteiras

Enquanto “A Disponibilidade da Alma” destaca a diversidade textual, as ilustrações desta coletânea rompem com a estética convencional europeia, abrindo espaço para novas interpretações. A colombiana Elizabeth Builes é a responsável por criar imagens que coloreiam as páginas com personagens latinas, cenários que vão do México ao Uruguai, e elementos tropicais.

As ilustrações de Builes complementam a narrativa de Colasanti, adicionando camadas visuais que desafiam expectativas e ampliam as possibilidades de interpretação. Nada é exatamente o que parece ser nas obras de Colasanti; há sempre mais, uma quase infinitude de significados e nuances.

Conclusão: O Universo Infinito de Marina Colasanti

Ao mergulharmos nos universos criados por Marina Colasanti em seus dois lançamentos mais recentes, “A Disponibilidade da Alma” e “Sereno Mundo Azul”, somos convidados a explorar as complexidades da condição humana por meio de histórias encantadoras e ilustrações inspiradoras. A maestria de Colasanti em transcender barreiras literárias, cativando leitores de diferentes idades, é um testemunho de sua contribuição única para a riqueza da literatura brasileira. Neste momento em que a autora é homenageada com o prêmio Machado de Assis, é inegável que sua obra continuará a encantar e intrigar gerações presentes e futuras. Marina Colasanti, com sua literatura que é “tudo”, de fato deixa um legado eterno na cena literária nacional.

1 comentário em “Marina Colasanti Mostra a Potência de sua Literatura em Dois Novos Livros”

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.